Acesso para aposentados e pensionistas:

ENTRAR
Rioprevidência

Quase 10 mil inativos e pensionistas do estado não fizeram a prova de vida de janeiro a junho deste ano e estão com os benefícios suspensos

Para restabelecer o benefício, os ausentes devem fazer a prova de vida em qualquer agência do banco Bradesco no país.

Publicado: 18/08/2022 07:46 (Arquivo de Dados NOVO Portal Régua)

O Riopevidência anunciou, nesta quarta-feira (17/08), que 9.498 inativos e pensionistas, nascidos de janeiro a junho, e que não realizaram a prova de vida anual obrigatória, estão com os benefícios suspensos.

Para restabelecer o benefício, os ausentes devem fazer a prova de vida em qualquer agência do banco Bradesco no país.

Desde o início deste ano (2022), a comprovação anual de vida é obrigatória para o inativo e pensionista do Rioprevidência, cuja folha de pagamento seja gerida pela Secretaria de Estado da Casa Civil.

AUSENTES DE JULHO

Na edição do Diário Oficial do dia 12/08, o Rioprevidência publicou relação com mais de 3 mil aposentados e pensionistas, aniversariantes em julho, que deixaram de fazer a prova de vida obrigatória. Estes poderão ter o benefício suspenso já na folha de competência de setembro próximo.

Os ausentes devem ir a qualquer agência do Bradesco, munidos dos documentos de identidade (RG), CPF e comprovante de residência e realizar a prova de vida obrigatória. Caso contrário, terão o benefício suspenso até que regularizem a situação.

Para mais informações, como proceder para segurados com dificuldade de locomoção, acamados ou residentes fora do País, além do calendário deste ano para a realização da prova de vida, acesse o site www.rioprevidencia.rj.gov.br.

prova_de_vida_agosto_2022